29 de maio de 2011

Saudades do meu porto seguro

                     Havia tempos que não sentia essa triste agonia dentro de mim.
Há tempos minhas lágrimas não enxergavam tamanha dor para que transcorresse sobre minha face.
A saudade que dessa vez tomou conta de mim, não é como aquela saudade que antes, chegava e logo ia embora.
                                               Essa saudade é eterna.
Lembro-me das noites em claro que passastes a me observar dormir.
Das manhãs de inverno que não me deixavas sair, para que não pegasse um resfriado.
Lembro-me das tardes de verão que ficavas sempre a escutar e admirar o canto dos pássaros.
Mas acabou. Não escuto mais o som da sua voz, apenas sinto.
E lembro. Lembro-me das histórias antigas que me contava, dos comentários bestas que sempre fizestes.
Lembro-me do modo que me protegia, mesmo quando estava errada.
Lembro-me das lágrimas que derramavas quando ao entrar no meu quarto, sentia a tristeza dentro do meu coração.
Quero ter sempre essas lembranças boas.
Quero sempre lembrar as vezes que sorria.
Lembrar dos bons conselhos, das birras que fazia comigo.
Lembrar das estripulias que sempre aprontava para meter-me susto.
Mas eu sei que mesmo com tão boas lembranças, essa dor é incurável e vai pernoitar dentro do meu peito, por todos os anos da minha vida.
Pois você foi um menino, um bom menino, o meu menino; e sempre levarei você comigo.
                             Saudades vô... Padrinho... Pai, meu grande pai.
                                               Obrigada por tudo.

27 de maio de 2011, data que perdi a pessoa que mais amava e para todo o sempre o amarei.

7 comentários:

  1. Oi, estou seguindo seu blog, aguardo vc no meu www.donaanamagos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Uma saudade que você vai ter pra sempre,porém atrelada a bons momentos e a bons sentimentos.

    Teu texto é uma belíssima homenagem.

    ResponderExcluir
  3. nooossa, que lindo! parabéns :)


    http://www.walvitoria.blogspot.com/
    Vitoria Lima.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que texto lindo. Deve ser triste mesmo perder um grande amigo, pai...irmão! Essa saudade realmente vai ser eterna, mais as boas lembranças ficarão, pode ter certeza.
    http://senhoritaliberdade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ah minha flor, eu sei como você se sente...Perder um pai/mãe é realmente a pior dor existente.
    Deixa eu te contar um segredo.: Hoje vai doer, mês que vem vai doer muito, e depois de um ano vai continuar doendo, o que irá mudar é o modo como você vai ver essa dor.
    Aos poucos, isso vai fazer parte de você, e enfim a dor e a saudade será suportável.

    beijon, minha flor.

    ResponderExcluir
  6. uma belissima homenagem a um amor verdadeiro.
    é verdade que a saudade será eterna, mas guarde os bons momentos porque este serão a sua única companhia. a única que irá diminuir a dor e que trará um pouquinho de paz ao seu coração.

    ResponderExcluir
  7. Também sinto saudades do meu Porto Seguro... O meu amor que está longe! =(
    Amei o teu blog, Parabéns, vc escreve lindamente.
    Já estou seguindo!

    Segue o meu lá também, é um blog de cinema!

    http://fofocandoepipocando.blogspot.com/

    beijosss...

    ResponderExcluir

Espero que sintam-se à vontade para aqui, esconder sua opinião, critícas e elogios (caso os tenham).
Peço-lhe apenas que antes de qualquer palavra à digitar, leiam o texto e o entenda.
Desde já, agradeço-lhes.
Um beijo enoorme !